A Mostra Audiovisual de Cambuquira realiza sua primeira itinerância em SP

Desde a 10ª edição, a Mostra Audiovisual de Cambuquira se tornou um festival bianual. Em julho de 2017, a 11ª edição exibiu uma seleção de curtas produzidos em 23 países.  A MOSCA lança agora o programa “.5“, o que significa que nos anos de intervalo entre edições, será realizada uma mostra com o intuito de experimentar novos formatos de programação. A MOSCA 11.5 teve início no mês de julho em Cambuquira-MG, e realiza itinerância em São Paulo entre 20 e 23 de setembro, no Centro Cultural São Paulo.

A programação tem foco na contemporaneidade e seus valores, com a proposta de explorar possíveis relações entre contextos distantes. Em parceria com o VIS Vienna Shorts Festival,Glasgow Short Film Festival e L’Alternativa – Festival de Cinema Independent de Barcelona, a MOSCA 11.5 traz ao Brasil os curtas-metragens do WE NEED TO DISAGREE (NÓS PRECISAMOS DISCORDAR), um triângulo de programas alinhados sob o mesmo tema, programados por Daniel Ebner: “Ilhas e Bodes expiatórios (e, de repente, o ódio desponta”, composto por curtas da Áustria, Alemanha, França, Bélgica, Polônia e Israel; Matt Loyd: “A Vontade do Povo”, com produções do Reino Unido, e Tess Renaudo: “O Pessoal e o Político”, com filmes espanhóis e uma co-produção Espanha/ Suíça.

Daniel Ebner, diretor artístico do VIS – Festival de Curtas de Viena, e idealizador da mostra We Need to Disagree vem ao Brasil para debater os programas internacionais. Pertencimento, nacionalismo, direitos humanos, fronteiras, batalhas visíveis e invisíveis são alguns dos temas. Para dialogar com estas questões, a MOSCA programa curtas brasileiros que dão voz à questões não desconhecidas, mas ainda em desenvolvimento entre conversas e conflitos diários. O convite feito por esta edição da MOSCA é NÓS PRECISAMOS OUVIR, uma mostra com quatro programas com curadoria de Ananda Guimarães: “Raízes, trajetórias e desvios obrigatórios”; “Precisamos ouvir de outras formas” “Contemporaneidade duradoura”;  e “Contextos rasgados” compõem a mostra nacional.

A MOSCA 11.5 em São Paulo é uma realização da Romã Produtora Cultural com parceria da Spcine. A entrada é franca.

Para mais informações e conhecer a programação completa, acesse: http://www.mostramosca.com.br

Topo