Diretor de fotografia Adriano Goldman recebe sigla BSC

O diretor de fotografia Adriano Goldman, ASC, ABC recebeu da British Society of Cinematographers a concessão para utilizar a sigla BSC.

Diretor de fotografia, nascido em São Paulo em 1966, começou a carreira fazendo vídeos e séries de TV. Em 2000, fotografou o documentário A família Braz, episódio de Arthur Fontes e Dorrit Harazim para a série 6 Histórias Brasileiras, exibida no GNT. Recebeu dois prêmios ABC de fotografia para programas de TV: um pela série Cidade dos Homens (2004), e outro para Filhos do Carnaval, em 2006. Iniciou a carreira internacional fotografando o longa mexicano Sin Nombre (2008), do diretor americano Cary Fukunaga, pelo qual ganhou o prêmio de fotografia dramática no Sundance Film Festival em 2009, e desde então já participou de diversas produções, como Trash (2014) e Dark River (2017), além da série da Netflix, The Crown.

Este ano, o diretor de fotografia levou o prêmio de melhor direção de fotografia para série de televisão ficcional no BAFTA TV 2018, pelo episódio “Beryl”, da segunda temporada da série The Crown. Leia a entrevista que fizemos com Goldman sobre a série.

O diretor de fotografia passa a assinar com as siglas: ASC, BSC, ABC.

Fonte: com informações do site Filme B.

Topo