O Banquete

Data de estreia: 13 de setembro de 2018. Neste banquete, onde jogos de poder e erotismo estão colocados à mesa, a vida dos convidados serão transformadas para sempre. Entre eles está o poderoso editor de uma revista, que celebra seu aniversário de casamento. Ele pode ser preso nesta noite, já que

O homem que parou o tempo

Data de estreia: 13 de setembro de 2018. João tenta pôr em prática um plano um tanto insólito - conseguir parar o tempo. Só que para isso ele terá que cometer uma espécie de "suicídio social". Isolado em seu micro-apartamento de fundos, num Rio de Janeiro distópico, abandonado e ao mesmo

Camocim

Data de estreia: 13 de setembro de 2018. O longa mostra a dualidade partidária da cidade de Camocim de São Félix, interior de Pernambuco, em época de eleições. Dois líderes políticos disputam a vaga na Câmara dos Vereadores enquanto seus cabos eleitorais organizam toda a campanha na cidade. Mayara, de 23 anos,

O paciente – O caso Tancredo Neves

Data de estreia: 13 de setembro de 2018. Os mistérios que envolvem a morte de Tancredo Neves são descortinados após mais de 30 anos de sua morte. ‘O Paciente’ nos transporta para os últimos dias de vida do então recém-eleito presidente e revive as angústias, o medo e a ansiedade do

Crô em família

Data de estreia: 6 de setembro de 2018. Já famoso, bombado, e dono da própria escola de etiqueta e finesse, Crô se vê, no entanto, sozinho e sem família. Carente e vulnerável, acaba ficando à mercê de supostos parentes, Orlando, Marinalva, Luane e Nando, cujas intenções não parecem ser das melhores.

Vende-se esta moto

Data de estreia: 6 de setembro de 2018. Xeu e Lidiane terão um filho. Ela faz pressão para que ele venda sua moto e consiga outro emprego. A notícia da gravidez e a visita de Xeu a um primo na Maré trazem instabilidade para a relação. Ficha Técnica: Direção: Marcus Faustini Roteiro: Luana Pinheiro, Marcus

Ferrugem

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Renet, Renata e Normal são parte de uma família na qual as coisas não são ditas às claras, apenas sugeridas, a maioria das vezes caladas. O assunto sobre o qual não se fala no momento é a partida da mãe, Raquel, deixando o

Fica mais escuro antes do amanhecer

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Após uma tragédia familiar, Iran decide trabalhar em uma fábrica de gelo que fica em um povoado afetado por mudanças climáticas extremas e fadado a presenciar o último pôr do sol. Paralelamente, em um jogo psicológico de lembranças, Iran trata de sua mulher,

O renascimento do parto 3

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Fechando a trilogia, o terceiro filme exibe o SUS que dá certo com o Centro de Parto Humanizado Casa Angela de São Paulo, Parto Orgásmico, Parto na Água, VBAC (Vaginal Birth After Cesarean) - Parto Normal Após Cesárea, os cuidados com recém-nascidos, a

Yonlu

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Baseado na história real de um garoto de 16 anos que, com a ajuda da internet, conquistou o mundo com seu talento para a música e para a arte. Fluente em cinco idiomas, ilustrador, fotógrafo e compositor de músicas experimentais. YONLU tinha uma

Meu tio e o Joelho de Porco

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Rafael embarca em um surrado Landau azul e cruza a cidade de São Paulo colhendo verdades e mentiras sobre o conjunto de seu tio Tico, o já legendário proto-punk-satírico Joelho de Porco. Ficha Técnica: Direção e Roteiro: Rafael Terpins Produção: Rafael Terpins e Alan Terpins Direção de

O candidato honesto 2

Data de estreia: 30 de agosto de 2018. Depois de ter confessado todos os crimes, João foi condenado a 400 anos de cadeia, mas cumpriu apenas quatro. Apesar de não querer mais saber de política, ele é convencido a se candidatar mais uma vez à presidência da República. O povo o

Benzinho

Data de estreia: 23 de agosto de 2018. Fernando, filho de Irene, é convidado para jogar handebol na Alemanha e sua mãe se encontra mergulhada em sentimentos. Ela terá que se desdobrar para ajudar e dar atenção ao seus outros filhos, à irmã e ao marido. Ficha Técnica: Direção: Gustavo Puzzi Roteiro: Gustavo Pizzi

Histórias que nosso cinema (não) contava

Data de estreia: 23 de agosto de 2018. O longa realiza uma releitura histórica da ditadura militar no Brasil, com foco nos de 1970, a partir apenas de imagens oriundas de 27 filmes produzidos no período e que foram considerados “pornochanchadas”, o gênero mais visto e mais produzido durante a década

Missão 115

Data de estreia: 23 de agosto de 2018. Missão 115 foi o nome atribuído pelo DOI-CODI (órgão de repressão do exército durante a ditadura militar) a uma suposta operação de “vigilância” no Rio de Janeiro, durante show musical no Riocentro pelo Primeiro de Maio de 1981. Na verdade, tratava-se de um atentado

Abrindo o armário

Data de estreia: 16 de agosto de 2018. Abrindo o Armário é um documentário que mergulha nos processos de libertação e conquistas do movimento gay no Brasil. A partir do relato de diferentes gerações, o filme mostra como os gays, drags queens, e pessoas não-binárias foram enfrentando resistências, conquistando espaços e

Café com Canela

Data de estreia: 16 de agosto de 2018. Recôncavo da Bahia. Violeta e Margarida, nomes que não se referem apenas a flores, mas revelam duas mulheres comuns, dessas que encontramos pelas ruas do Recôncavo em bicicletas, em quartos, lidando com as adversidades do dia a dia ou com as amarguras do

Como é cruel viver assim

Data de estreia: 16 de agosto de 2018. Vladimir, Clivia, Regina e Primo são solitários, frustrados e incapazes de realizar qualquer coisa que dê sentido às suas vidas e acabam armando um plano de sequestrar um milionário. Porém, o quarteto não têm nenhuma experiência com crimes. Ficha Técnica: Direção: Julia Rezende Produção: Mariza Leão e

Unicórnio

Data de estreia: 16 de agosto de 2018. Maria, uma menina de 13 anos, está sentada num banco ao lado de seu pai. A conversa que eles tem ali conduz a narrativa do filme: acompanhamos a história na rústica casa de campo, onde ela mora com a mãe, e aguardam a

Tudo é irrelevante, Hélio Jaguaribe

Data de estreia: 16 de agosto de 2018. Este documentário tece um retrato de Helio Jaguaribe, um dos mais destacados intelectuais públicos brasileiros e de uma geração de intelectuais que foi fundamental para pensar o Brasil e ajudar a recriar a abertura política e a democracia. Traçando mapas culturais e afetivos, o

Ser tão velho cerrado

Data de estreia: 9 de agosto de 2018. Um filme que mostra a importância do bioma cerrado para a sociedade brasileira. Preocupados com o fim do cerrado no estado de Goiás, os moradores da Chapada dos Veadeiros buscam alternativas de desenvolvimento para sua região. A elaboração de um plano de manejo

Como fotografei os Yanomami

Data de estreia: 9 de agosto de 2018. Para os Yanomami, estar doente é ter sua imagem agredida. Para resgatá-la, os xamãs fazem seus rituais de cura. Mas para os enfermeiros que chegam às aldeias, as doenças e os remédios são outros. Ficha Técnica: Direção: Otavio Cury Roteiro: Otavio Cury e Sofia Mariutti Produção: Alice

O animal cordial

Data de estreia: 9 de agosto de 2018. São Paulo. Numa noite, dois ladrões armados invadem um restaurante de classe média alta. O cozinheiro, uma garçonete, três clientes e Inácio, o proprietário são rendidos e o local torna-se palco dos mais diferentes embates entre civilização e barbárie: empregados x patrão; ricos

Os incontestáveis

Data de estreia: 9 de agosto de 2018. A bordo de um Opala 73, os irmãos Bel (Fabio Mozine) e Mau (Will Just) pegam a estrada em busca de um Maverick 77, que pertenceu ao pai desaparecido. A jornada leva os dois aventureiros até uma região de conflitos de terras e

Hilda Hilst pede contato

Data de estreia: 2 de agosto de 2018. Hilda Hilst, escritora, poeta e dramaturga é considerada pela crítica especializada uma das mais importantes vozes da língua portuguesa do século XX. Com arquivos pessoais inéditos de som e imagem, depoimentos, encontros e intervenções, ‘Hilda Hilst Pede Contato’ revela sua memória e presença

Querido embaixador

Data de estreia: 02 de agosto de 2018. Tudo o que Luiz Martins de Souza Dantas queria, ao chegar a Paris em 1922, para ser embaixador do Brasil junto ao governo francês, em plenos ano loucos, era cumprir sua missão diplomática e viver intensamente a festa parisiense. Logo se torna uma

Ana e Vitória

Data de estreia: 2 de agosto de 2018. Ana e Vitória se encontram em uma festa, marcando o início da dupla. As duas precisam aprender a lidar com a fama, ao mesmo tempo que ainda estão tentando encontrar quem elas realmente são. Ficha técnica: Direção e roteiro: Matheus Souza Produção: Felipe Simas Trilha Sonora: Anavitória

O nome da morte

Data de estreia: 02 de agosto de 2018. Matar ou não matar, eis a questão.Sobre a vida – e as mortes – de Júlio Santana, um pistoleiro responsável por 492 assassinatos em todo o país. Homem cristão e caridoso, bom filho e bom pai de família, Júlio é atormentado por sua

Alguma coisa assim

Data de estreia: 26 de julho de 2018. Caio e Mari são dois jovens adultos cujo relacionamento está além de qualquer definição. Ao longo de 10 anos, o enredo transita entre 3 momentos marcantes em que seus desejos estão em conflito e seu relacionamento é posto à prova. Entre São Paulo

Vinte anos

Data de estreia: 26 de julho de 2018. Um documentário sobre o amor e o tempo que passa, numa Cuba onde o tempo parecia não passar. Histórias de amor de três casais cubanos filmados ao longo de duas décadas. Ficha Técnica: Direção e Roteiro: Alice de Andrade Fotografia: Ángel Alderete Estúdio: Filmes do Serro Montadora: Joana

Uma Quase Dupla

Data de estreia: 19 de julho de 2018. A policial sabe-tudo Keyla e o despreparado detetive Claudio não podiam ser mais incompatíveis. No entanto são obrigados a formar uma dupla para resolver a série de misteriosos assassinatos que estão acontecendo na pacata cidade de Joinlândia. Ficha Técnica: Direção: Marcus Baldini Coprodução: Biônica Filmes, Paramount

Estrada de sonhos

Data de estreia: 05 de julho de 2018. O documentário mostra a história ferroviária do Brasil e, pensando além dos trilhos e das locomotivas, discorre sobre lembranças de pessoas que vivenciaram e ainda vivem esse símbolo da modernidadde e progresso no passado. O filme mostra não só a primeira ferrovia do

O Desmonte do Monte

Data de estreia: 05 de julho de 2018. O documentário aborda a história do Morro do Castelo, seu desmonte e arrastamento. Apesar de sua importância histórica e arquitetônica, o Morro do Castelo foi destruído por reformas urbanísticas com o intuito de "higienizar" a cidade do Rio de Janeiro. Ficha Técnica: Direção, Produção e

Mulheres alteradas

Data de estreia: 05 de julho de 2018. Leandra está na crise dos 30: quer casar e ter filhos, mas não tem nem namorado. Sua irmã, Sônia, é casada e tem dois filhos, mas tudo o que quer é uma noite de curtição com sua melhor amiga, Marinati - advogada workaholic

Além do Homem

Data de estreia: 28 de junho de 2018. O escritor brasileiro Alberto Luppo (Sergio Guizé) mora em Paris há anos e não deseja retornar ao país de origem. Mas quando um antropólogo francês desaparece no interior do Brasil, Alberto é obrigado a retornar à terra natal para transformar a história em

Auto de resistência

Data de estreia: 28 de junho de 2018. Um documentário sobre os homicídios praticados pela polícia contra civis, no Rio de Janeiro, em casos conhecidos como "autos de resistência". O filme acompanha a trajetória de personagens que lidam com essas mortes em seus cotidianos, mostrando o tratamento dado pelo Estado a

Berenice procura

Data de estreia: 28 de junho de 2018. Berenice é taxista e tem uma paixão especial por fatos policiais e cenas de crimes. Um dia ela escolhe o caso do assassinato de uma travesti no bairro de Copacabana para fazer sua própria investigação. Ficha Técnica: Direção: Allan Fiterman Produção: Elisa Tolomelli Roteiro: Flávia Guimarães e

O nó do diabo

Data de estreia: 28 de junho de 2018. Cinco contos de horror. No período na escravidão, uma fazenda era palco de horrores e anos depois o passado cruel ainda permanece nas paredes do local. Cinco encontros com a morte. Um nó que não se desata. Ficha Técnica: Direção: Ramon Porto Mota, Ian Abé,

Canastra suja

Data de estreia: 21 de junho de 2018. Batista (Marco Ricca) e Maria (Adriana Esteves) formam um casal que, aparentemente, é muito feliz em seu casamento. No entanto, a verdade é que as aparências enganam e muito; no fundo, Batista, um alcoólatra inveterado e Maria, que tem um caso com o

Tungstênio

Data de estreia: 21 de junho de 2018. Quando pessoas começam a utilizar explosivos para pescar na orla de Salvador, na Bahia, um sargento do exército aposentado, um policial e sua esposa e um traficante vão se unir e farão de tudo para acabar com esse crime ambiental. Ficha Técnica: Direção: Heitor Dhalia Produção: Egistro Betti Produção

Amores de chumbo

Data de estreia: 14 de junho de 2018. "Esse passado é um eterno presente". Amores de Chumbo trata de um triângulo amoroso, questionando o limite de cada um diante de segredos e paixões interrompidas. Quarenta anos separam Maria Eugênia, escritora pernambucana radicada na França, do casal Miguel e Lúcia que acabam

Baronesa

Data de estreia: 14 de junho de 2018. Andreia quer se mudar. Leid espera pelo marido preso. Vizinhas em um bairro na periferia de Belo Horizonte, elas tentam se desviar dos perigos de uma guerra do tráfico e evitar as tragédias trazidas junto com a chuva. Ficha técnica: Direção e roteiro: Juliana Antunes Direção de

Em 97 era assim

Data de estreia: 14 de junho de 2018. Quatro garotos de 15 anos vivem o auge da adolescência e o principal anseio deles é perder a virgindade. Eles tentam economizar dinheiro para contratarem uma prostituta e, enquanto enfrentam os deveres escolares, vão descobrir o valor da verdadeira amizade. Ficha Técnica: Direção: Zeca Brito Roteiro:

Talvez uma história de amor

Data de estreia: 14 de junho de 2018. Virgílio chega em casa após o trabalho e escuta o recado de Clara, pela secretária eletrônica, comunicando o término do relacionamento dos dois. O único problema é que Virgílio é solteiro e não faz ideia de quem Clara seja. Ficha técnica: Direção e Produção: Rodrigo

As boas maneiras

Data de estreia: 07 de junho de 2018. Clara, enfermeira solitária da periferia de São Paulo, é contratada pela rica e misteriosa Ana como babá de seu futuro filho. Uma noite de lua cheia muda para sempre a vida das duas mulheres. Ficha técnica: Direção e roteiro: Juliana Rojas e Marco Dutra Coprodução: Dezenove

Los Territorios

Data de estreia: 07 de junho de 2018. Após o ataque ao jornal satírico Charlie Hebdo em Paris, Ivan, um rapaz frívolo e filho de um proeminente jornalista argentino, embarca em uma jornada pelos cenários de diferentes eventos geopolíticos no planeta. Mas fazer um documentário sobre conflitos do mundo contemporâneo não

Bonifácio – O fundador do Brasil

Data de estreia: 07 de junho de 2018. O documentário mostra a vida de José Bonifácio de Andrada e Silva, patriarca da independência brasileira, utilizando como eixo investigativo a "Teoria das Camadas da Personalidade', do filósofo Olavo de Carvalho. Ficha técnica: Direção: Mauro Ventura

Caminho do mar

Data de estreia: 07 de junho de 2018. Da nascente à foz, o rio Paraíba do Sul é muitos rios. Com suas águas, abasteceu e possibilitou a formação sócio econômica brasileira, especialmente, a do sudeste do país. Ficha técnica: Diretor e roteiro: Bebeto Abrantes Produção: Juliana de Carvalho Fotografia: Fabrício Mota Distribuidora: BANG FILMES PRODUÇÕES

Dedo na ferida

Data de estreia: 30 de maio de 2018. O filme mostra o fim do estado de bem-estar e a interrupção dos sonhos em um cenário em que o capital financeiro inviabiliza a justiça social. Ficha técnica: Direção e Roteiro: Silvio Tendler Produção: Maycon Almeida Fotografia: Lúcio Kodato, ABC Montador: Fransciso Slade Distribuidora: Caliban Produções

Paraíso Perdido

Data de estreia: 30 de maio de 2018. Dono da boate Paraíso Perdido, o patriarca José (Erasmo Carlos) faz de tudo para garantir a felicidade de seu clã: os filhos Angelo (Júlio Andrade) e Eva (Hermila Guedes), o filho adotivo Teylor (Seu Jorge) e os netos Celeste (Julia Konrad) e Imã

Topo