Mostra em Porto Alegre destaca a magia do cinema por trás das câmeras

“Meu Primo”, de Carlos Gerbase

Em sua programação de junho, o Cine Santander Cultural aborda a cinefilia por um ângulo diferenciado: o processo de fazer cinema. Através de filmes, documentários e uma série inédita que faz sua estreia na sala, a mostra DIÁLOGOS SOBRE O CINEMA apresenta a magia que acontece por trás das câmeras.

Dez dias da programação são dedicados ao novo programa Diálogo Sobre o Cinema, de Carlos Gerbase, em que ele e o colega Nelson Nadotti conversam sobre o audiovisual contemporâneo e também sobre seus primeiros filmes, produzidos na Porto Alegre dos anos 1970-80. Os seis episódios são entremeados por médias e curtas-metragens realizados por ambos – alguns bastante raros e longe das telas há anos – e por cinco sessões comentadas com veteranos do cinema gaúcho.

Também fazem parte da mostra nove filmes de gêneros diversos – dramas, comédias e um musical -, retratando os bastidores do cinema de maneira ora poética, ora caótica (mas sempre mágica), e seis documentários que mostram desde os pioneiros Irmãos Lumière até um cineasta argentino ambulante que dirige suas produções de cidade em cidade, passando por uma figura importante e muitas vezes esquecida do processo: o projecionista da sala de cinema.

Quatro destes documentários estão sendo exibidos graças aos correalizadores da mostra: o Instituto Goethe, a Cinemateca da Embaixada da França no Brasil e a Aliança Francesa de Porto Alegre.

Para fechar um mês sobre cinema, o Domingo Cultural traz Looney Tunes – De Volta à Ação, em que atores de verdade interagem com personagens da Turma do Pernalonga, numa história que também brinca com o universo da sétima arte.

Para conhecer a programação, acesse: http://www.pranafilmes.com.br/noticias/a-magia-do-cinema-por-tras-das-cameras/

Fonte: Prana Filmes

Topo