Você esta aqui

Oficina ABC: “Nova Onda de Filmagem Anamórfica”

Oficina ABC – Inscrições abertas

Oficina: Nova Onda de Filmagem Anamórfica – o emprego, as implicações técnicas, a matemática da resolução e, principalmente, o look
Data: 14 de dezembro: 13h às 18h
Local: Cinemateca Brasileira – Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino / SP
Ministrante: Marcelo Trotta, ABC

Programa: Na segunda Oficina ABC os alunos entrarão em contato com os aspectos técnicos e artísticos do emprego de objetivas anamórficas. Nos últimos anos a cinematografia mundial foi tomada por uma nova onda de filmagens com anamórficas. As facilidades de uso com os sensores digitais impulsionaram esse movimento, fabricantes como Zeiss, Hawk, Cooke e Angenieux começaram a produzir novos jogos de lentes e muitos Diretores de Fotografia começaram a experimentar jogos antigos, buscando os flares, vinhetas, distorções nas bordas e nos desfoques e outros “defeitos” que essas lentes vintage proporcionam. Depois de uma rápida primeira etapa teórica, a Oficina se concentrará em aspectos práticos. Faremos uma inspeção técnica no desempenho das objetivas montando-as em um equipamento que projeta um chart de definição através delas. Na sequência, os alunos vão participar de um teste comparativo com vários jogos de objetivas anamórficas, montados em algumas câmeras diferentes, focando justamente nos diferenciais de performance e look das lentes em situação de estresse fotográfico. Vamos provocar flares, situações de alto contraste e etc. para analisar como cada jogo se comporta. Depois vamos projetar esses testes na tela da sala da Cinemateca para uma avaliação técnica e artística.

Marcelo Trotta, ABC é o atual vice-presidente da ABC. Fotografou sete longas , várias séries, cerca de 60 videoclipes e mais de 800 comerciais.

Preço: R$50,00 sócios / R$220,00 não sócios

Número de vagas: 35

Para participar, preencha a ficha de inscrição e a envie para o e-mail secretaria@abcine.org.br.

Oficina ABC & Você 

A Oficina ABC foi criada para aproximar ainda mais os associados e associadas, ampliar a interlocução entre os profissionais e estudar temas relacionados com a Cinematografia.

A proposta é ter agilidade (curta duração), base teórica e atividades práticas com manuseio de equipamentos e softwares, além de avaliação dos resultados. Para garantir mais qualidade, as vagas são limitadas.

As oficinas deste ano fazem parte das atividades “100 Paulo Emílio”, promovidas pela Cinemateca, em comemoração ao centenário de nascimento de Paulo Emilio Sales Gomes.

Topo