21ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis exibirá 85 filmes de 14 países de 7 a 22 de outubro

Pluft, o Fantasminha

A 21ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, de 7 a 22 de outubro de 2022, volta a ser presencial, depois de dois anos somente online. A Mostra exibirá 77 curtas-metragens dos gêneros animação, ficção, documentário e experimental, que refletem a pluralidade das infâncias na sociedade brasileira e mostram culturas de outros lugares do mundo, todos na Mostra Competitiva. Além desta seleção, estão na programação oito longas-metragens brasileiros para crianças, entre estreias e recém-lançados. E quem não estiver na capital catarinense durante a Mostra, poderá acompanhar uma seleção de filmes na plataforma www.itauculturalplay.com.br.

Estão na programação as pré-estreias nacionais “A ilha dos Ilus”, de Paulo GC Miranda (animação, 2022) e “Chef Jack”, de Guilherme Fiuza Zenha (animação, 2022);  a estreia em Santa Catarina de “Meu Amigãozão – O Filme”, de Andrés Lieban (animação, 2022); os recém-lançados em festivais “Poporopó”, de Luis Antônio Igreja (ficção, 2021) e “Alice dos Anjos”, de Daniel Leite Almeida (ficção, 2021); e os longa-metragens “Tarsilinha”, de Célia Catunda e Kiko Mistrorigo (animação, 2022) e “Turma da Mônica – Lições”, de Daniel Rezende (ficção, 2021) e “Pluft, o Fantasminha”, de Rosane Svartman, (ficção, 2022), todos no circuito comercial e que poderão ser vistos gratuitamente na 21ª Mostra.

A exibição de oito longas finalizados no último ano é um recorde em relação ao mercado de cinema brasileiro, que costuma lançar por ano dois a três longas destinados ao público infantil. “São filmes que estão em produção há muito tempo, estavam represados por conta da pandemia. Isso mostra como os realizadores brasileiros são resilientes e como temos gente produzindo para este público com muita qualidade”, afirma Luiza Lins, diretora da Mostra

As exibições presenciais acontecerão no teatro Governador Pedro Ivo e no Cinema do CIC – Centro Integrado de Cultura. Com o tema “Cinema, Infâncias e cidade”, esta edição especial de retomada marca também o início de um movimento que leva cinema de qualidade para dentro das escolas municipais de Florianópolis e bairros educadores, por meio da parceria com a Secretaria Municipal de Educação. As inscrições para o Fórum de Cinema e Educação, dedicado a educadores, e oficinas de animação para as crianças já estão abertas no www.mostradecinemainfantil.com.br .

Quatro dos oito longas estão na programação especial que a Mostra preparou para o Dia das Crianças, 12 de outubro. Confira a programação e a indicação de idade para cada filme no site oficial do evento.

Curtas da Mostra: para conhecer a diversidade do Brasil e a cultura de outros países

As obras selecionadas para a 21ª edição trazem para perto culturas de outros países e são janela para a diversidade do Brasil.  Temas que até então apareciam pontualmente na tela, como questões de gênero, raciais e étnicas, ancestralidade, diferenças sociais, inclusão e acessibilidade, entre outros,  agora compõem a maioria dos filmes.

No total são 63 curtas nacionais, de 15 estados brasileiros, e 14 filmes internacionais, de 14 países diferentes, entre os quais estão Colômbia, França, Índia e Irã.  Entre os brasileiros, destaque para as produções de São Paulo, com 16 filmes; de Santa Catarina, com 11 curtas-metragens; e de Minas Gerais, com oito filmes selecionados.

Os curtas poderão ser assistidos pelo público em sessões de cinema diárias durante o festival – a primeira semana no teatro Governador Pedro Ivo e a segunda, no Cinema do CIC. Para os dias 20 e 21 de outubro estão programadas sessões ao ar livre, no Largo da Alfândega e Vila Aparecida, respectivamente. No dia 20 acontece também sessão Curtas nacionais com temáticas indígenas na Reitoria da UFSC. Programação completa no site da Mostra.

Mostra de Cinema Infantil nas escolas de Floripa

A Mostra, nesta edição, vai dar um passo importante: levar filmes de alta qualidade, parte da seleção da 21ª edição, para mais de 89 escolas municipais e bairros educadores por meio de parceria com a Secretaria de Educação Municipal. Em setembro, professores da rede municipal passaram por treinamento para organizar as sessões dentro das escolas, e no dia 7 de outubro, quando abre a programação da Mostra para adultos, os educadores receberão os materiais para montagem dos cineclubes nas instituições de ensino.

“Cinema é uma linguagem artística. Assistir aos filmes da Mostra na escola abre o leque de possibilidades para as crianças, que hoje têm mais acesso ao que o circuito comercial oferece”, afirma Luiza Lins.

Programação para crianças e adultos

A programação da Mostra é intensa e atende a diversos públicos. Para crianças e famílias, sessões de cinema em diversos espaços da cidade e palquinhos da Mostra, com shows musicais, esses nos dias 8 e 15 de outubro, no teatro Governador Pedro Ivo. No domingo, 16 de outubro, o grande show da Mostra “Crianceiras Mário Quintana” fecha a semana do Dia das Crianças.

Ainda para os pequenos, vai ter oficina de Animação Lápis LAB nos dias 9, 12 e 15 de outubro, sempre às 10h. Inscrições no www.mostradecinemainfantil.com.br

Já a programação para adultos inicia no dia 7 de outubro, primeiro dia de festival, com o lançamento do livro “Cidade, gênero e infância”, organizado por Ana Gabriela Godinho Lima e Rodrigo Mindlin, que coloca luz sobre um dos compromissos fundamentais da sociedade: zelar pelo desenvolvimento saudável das crianças mais novas. Rodrigo Mindlin dará palestra sobre o assunto.

Nos Encontros de Cinema Infantil para realizadores, que acontecem desde a primeira edição,  profissionais da área irão falar sobre o momento atual do audiovisual para crianças e sobre um novo caminho de políticas públicas. Os encontros desde ano terão a parceria do Mif.Kids – Mercado Internacional de Florianópolis | Conteúdo Infanto-juvenil.

O Fórum de Cinema e Educação, voltado para professores, será no dia 17 de outubro, no Cinema do CIC, com exibição do longa-metragem “Tarsilinha”, seguida de debate com mediação de Fabíola Cirimbelli Búrigo Costa.

A 21ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é produzida através da Lei de incentivo à Cultura, com o patrocínio das empresas Fischer, Itaú, Engie Energia, Videplast, da Magrinha, Fecoagro e Teltec. É uma realização da Lume Produções Culturais e Núcleo de Ação Integrada, Prêmio Catarinense de Cinema 2021, Fundação Catarinense de Cultura, Estado de Santa Catarina, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo.

Sobre a Mostra

A Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é uma das principais janelas de exibição de audiovisual para crianças no Brasil e é pioneira em valorizar o cinema produzido no país para o público infantil. Acontece desde 2002 ininterruptamente na capital catarinense e, em 2020, passou a ser também on-line, transmitindo sua programação para todo o Brasil.

Além do festival anual, a Mostra tem outras iniciativas com objetivo de  levar arte gratuita para crianças de diferentes contextos sociais e fomentar o cinema brasileiro para a infância. Entre elas está o Circuito de Cinema Infantil, dedicado a professores; o Cineclube da Mostra, que acontece todos os fins de semana no Cinema do CIC; e o Mif.Kids – Mercado Internacional de Florianópolis | Conteúdo Infanto-juvenil, que reuniu grandes players do mercado em Florianópolis em julho deste ano.

Serviço

21ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
7 a 22 de outubro de 2022 || Gratuito
7/10 – cinema do CIC, às 9h
8 a 16/10 – Teatro Governador Pedro Ivo | Centro Administrativo do Governo de SC, diversos horários
17 a 21/10 – Cinema do CIC – Centro Integrado de Cultura, diversos horários
20/10 – Reitoria da UFSC, às 14h
20/10 – Vila Aparecida, 19h
21/10 – Largo da Alfândega, 19h

Programação completa em www.mostradecinemainfantil.com.br

Topo