CINUSP apresenta mostra sobre maternidade e implicações na vida da mulher

Desde a infância a mulher é condicionada a acreditar que possui um instinto maternal. Entretanto, na maioria das vezes, não existe espaço para a reflexão sobre esse suposto dom e assim ela é levada a tomar decisões baseadas nas pressões sociais, e não nos seus desejos individuais.

Entre 31 de agosto a 29 de setembro a mostra MALDITO SEJA O FRUTO chega para apresentar diferentes olhares sobre as relações maternais no ambiente social na qual elas estão inseridas. Os títulos selecionados exploram questões como o aborto, depressão pós-parto e abandono, em dramas aprofundados que desconstroem a imagem de uma criação perfeita.

O CINUSP convida a todos para refletir sobre os conflitos velados da maternidade, através de narrativas que usam do extremo realismo até a fantasia sobrenatural. As sessões são gratuitas e acontecem de segunda a sexta na Cidade Universitária, e aos fins de semana no Centro Maria Antônia.

Para conhecer a programação completa, acesse: http://www.usp.br/cinusp

Topo