Cinusp recebe mostra Eles estão entre nós

Existe vida fora da Terra? Alguma espécie extraterrestre estaria de olho no nosso planeta? O que aconteceria se os alienígenas entrassem em contato com os humanos? E se eles já estiverem entre nós? Não é de hoje que o cinema explora esse tema, que faz sucesso entre quem acredita e quem (ainda) duvida da existência de aliens. O CINUSP reúne de 03 a 30 de junho produções atuais e clássicos dos mais diversos gêneros – da ficção científica à aventura, da comédia ao suspense – na mostra Eles estão entre nós.

Sucesso de crítica e de público, A chegada traz um novo olhar para o tema do primeiro contato. O público poderá conferir também Sinais, filme que explora o terror e a ansiedade que esse momento pode gerar. Fugas, lutas, aliens animalescos e críticas sociais aguardam quem vier conferir a aventura britânica Ataque ao prédio. O cinema trash vem bem representado em Plano 9 do espaço sideral (1959), a versão cinematográfica da frase “tão ruim que é bom”.

Alienígenas também são sucesso fora das telas europeias e estadunidenses. O japonês Kiyoshi Kurosawa marca presença na mostra com Antes que tudo desapareça, obra que brinca com os mais diversos gêneros. Representando a Argentina, temos o intrigante Homem olhando para o sudeste. Direto de Bollywood, chega às telas do CINUSP a comédia PK, recorde de bilheteria que tem um inocente extraterrestre como protagonista.

Se há uma temática recorrente nas histórias de extraterrestres amada pelo público, são os relatos de abdução, matéria para roteiros perturbadores e originais como o do mexicano A região selvagem. Outras produções vão além e usam o tema como elemento central da narrativa, como é o caso do polêmico Contatos de 4º grau, que se utiliza do procedimento de found footage para dar mais credibilidade à história real na qual o filme teria se baseado.

Para conhecer a programação completa, acesse o site do Cinusp.

Topo