Minas Cine realiza pesquisa inédita sobre a cadeia audiovisual em minas gerais, além de cursos e seminário

Com uma produção destacada nas últimas duas décadas, vencedora de prêmios em festivais importantes no Brasil e no exterior, o cinema mineiro será protagonista do “Minas Cine”, um amplo e inédito projeto sobre toda a sua cadeia audiovisual, que envolverá desde cursos de formação à pesquisa sobre os seus diversos segmentos.

Liderada pela Ong Contato e viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Cemig e do governo de MG, a pesquisa contemplará todas as regiões do Estado para a confecção de um raio-x que servirá de base para estudos investigativos e elaboração de um planejamento mais efetivo, visando o crescimento do audiovisual mineiro.

“Embora tenhamos uma produção efervescente e bastante premiada, faltam ainda muitos dados para compreendermos como ela pode ser melhor estimulada em seus diversos campos, da universidade à sala de exibição, passando pelo perfil dos espectadores. Esse é o grande objetivo do Minas Cine”, afirma o coordenador Helder Quiroga.

O primeiro passo do “Minas Cine” será dado em outubro, com o início dos cursos técnicos e das atividades de formação, produção e intercâmbio de conhecimentos entre artistas, coletivos e profissionais do mercado audiovisual brasileiro. A iniciativa, disponibilizada de forma gratuita, abarcará as dez regiões administrativas de Minas Gerais.

A primeira região a receber o curso de Elaboração e Produção de Projetos Audiovisuais é a Central. Serão sete módulos, num total de 28 horas/aula em formato online, no período entre 4 e 13 de outubro. As inscrições se encerram no dia 24 de setembro e podem ser feitas pelo site: www.sympla.com.br/produtor/ongcontato

“Minas Gerais é o nascedouro do cinema nacional e precisa se preparar para os desafios que este segmento terá de enfrentar nos próximos anos, seja a nível tecnológico, seja em termos de novas dinâmicas de mercado. Acreditamos que temos condições de protagonizar uma nova fase de valorização do audiovisual brasileiro”, assinala Quiroga.

Entre os professores que participarão do curso estão nomes importantes ligados à produção e ao estudo do cinema no país. Entre eles, a produtora Débora Ivanov, que abordará as políticas públicas para o audiovisual; Igor Kupstas, diretor da O2 Play, distribuidora da O2 Filmes, que falará do negócio da distribuição e do cinema digital.

Completam a equipe Rafael Neumayr (Direito Autoral, Controladoria e Prestação de Contas),Minom Pinho (Produção Executiva para o Audiovisual), Tammy Weiss (Sustentabilidade, Inclusão no Audiovisual  e Film Comission), Júlia Nogueira (Formatação e Elaboração de Projetos Audiovisuais), Victor Lopes (Metodologias e Técnicas de Pitching).

Além do curso, uma inédita pesquisa sobre o consumo audiovisual em nosso Estado será desenvolvida nos próximos meses, com a participação de entidades diversas. O resultado será apresentado em seminário, a ser realizado em 2022, e ganhará a forma de publicação e web-série, com a disponibilização dos dados.

A ONG Contato é uma entidade privada sem fins lucrativos, criada em 2001, na capital mineira. Voltada para a realização de projetos e ações que visam à formação e capacitação profissional, geração de conteúdos e articulação em rede. Entre os projetos desenvolvidos estão o Circuito Cinematográfico de Periferia, Residências Criativas e a revista Elipse.

Para detalhamento das informações do curso – explicação sobre os módulos, currículos professore(as), acesse o link: https://ongcontato.org/portfolio/minascine/

Topo