Overcome Film Festival premiou doze filmes brasileiros na edição deste ano

Com intuito de trazer as histórias de sobrevivência e triunfo sofridas por cineastas e artistas, o evento recebe projetos do mundo todo e abre espaço para as produções brasileiras receberem divulgação internacional. Em 2018, dentre os premiados e seleções oficiais estão os longas-metragens Guarnieri (dirigido por Francisco Guarnieri, premio de melhor longa-metragem), Brasil, país do presente? (dirigido por Gustavo Westmann), Cinema Delas (dirigido por Carol Vilamaro), Porque Temos Esperança (dirigido por Susanna Lira), além dos curtas: Próxima (dirigido por Luiza Campos, premio de melhor curta-metragem), Vidas Cinzas (dirigido por Leonardo Martinelli), Hospital da Memoria (dirigido por Pedro Paulo de Andrade, com premio de melhor atriz para Antoniela Canto), Maria Adelaide (dirigido por Catarina Almeida), Só Por Hoje (dirigido por Sabrina Garcia), Essa Valsa é Minha (dirigido por Rene Brasil, com prêmio de melhor ator para Gustavo Duque), A poeira não quer sair do Esqueleto (dirigido por Daniel Santiso and Max William Morais) e I Am The Wind (dirigido por Rahessa Vitório).

Como forma de apoiar as audiências com deficiência auditiva ou que não podem viajar, o festival forneceu uma plataforma online com os filmes legendados do festival e o envio dos certificados aos vencedores.

O festival já está com as inscrições abertas para a edição 2019, que podem ser realizadas nas plataformas listadas no site oficial: https://www.overcomefilmfestival.modifiergroup.com.

Topo