Últimas semanas de inscrições para Laboratório de Roteiros Audiovisuais da 21ª Goiânia Mostra Curtas

As inscrições continuam abertas para o Laboratório de Roteiros Audiovisuais da 21ª Goiânia Mostra Curtas. Roteiristas, diretores, estudantes, profissionais de audiovisual e público em geral, de todas as regiões do Brasil, poderão receber consultorias online através do Laboratório, que acontecerá online no próximo mês de julho.

Os interessados podem se candidatar gratuitamente até o dia 28 de abril às 23h59 (horário de Brasília), pelo site oficial do festival www.goianiamostracurtas.com.br. Serão ofertadas seis vagas ao todo, sendo três para cada uma das categorias oferecidas: Roteiro de Documentário (curta ou longa-metragem) e Roteiro de Ficção (curta ou longa-metragem).

Com o objetivo de reconhecer e qualificar roteiros originais ainda não produzidos, o Laboratório contribui com seu desenvolvimento, garantindo sua visibilidade e criando oportunidades para sua eventual realização.

Segundo a diretora-geral da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, o festival vai além da exibição e divulgação de filmes, o Icumam Cultural e Instituto visa estimular também a diversidade e incentivar as narrativas de realizadores negres, indígenas, LGBTQIA+, PCD e outras minorias, reafirmando seu compromisso de compor uma seleção plural de roteiros.

Poderão se inscrever pessoas residentes de todo o país. Contudo, 40% das vagas serão reservadas para roteiristas, diretores, estudantes e profissionais do audiovisual que residam em Goiás. Caso as inscrições goianas não alcancem este número, as vagas estarão automaticamente disponíveis para participantes de outros estados.

CONSULTORIAS

Os projetos selecionados para o do Laboratório de Roteiros Audiovisuais receberão consultorias individuais da cineasta Alice Riff e do diretor e roteirista Gabriel Martins, renomados profissionais do setor audiovisual nos cenários nacional e internacional. As consultorias serão realizadas nos dias 7, 8 e 9 de julho, via Zoom, sendo que cada uma delas terá duração de duas horas.

A seleção será feita pelos tutores do Laboratório da 21ª Goiânia Mostra Curtas, por meio da análise da proposta das inscrições e dos argumentos enviados no ato da inscrição. Conheça cada um dos tutores:

Roteiro de documentário – Alice Riff, nasceu em São Paulo e é cineasta. Formada em Cinema (FAAP) e Ciências Sociais (USP), tem pós-graduação em estudos Brasileiros na Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Seu trabalho busca encontros sensíveis com o real, dialogando com temas ligados à juventude e direitos humanos. É diretora e roteirista dos longas-metragens documentais Eleições (2018, 100′), Meu corpo é político (2017, 70′) e Platamama (2018, 82′). Os filmes passaram por importantes festivais nacionais e internacionais como Visions du Reel, Dok Leipzig, Festival do Rio, BAFICI, Festival del Nuevo Cine Latinoamericano de Havana, Festival de Brasília. Seu longa Meu corpo é político ganhou prêmio de melhor filme brasileiro no festival Olhar de Cinema, de Curitiba, e Melhor filme no Lovers – LGBT Torino Film Festival. Alice também é produtora executiva de Histórias que nosso cinema (não) contava, com direção de Fernanda Pessoa, disponível no Netflix.

Roteiro de ficção – Gabriel Martins, nascido em Belo Horizonte e radicado na periferia de Contagem, graduou-se na Escola Livre de Cinema/BH e em Comunicação Social com Habilitação em Cinema e Vídeo, no Centro Universitário UNA. É sócio fundador da produtora Filmes de Plástico, junto a André Novais Oliveira, Maurílio Martins e Thiago Macêdo Correia. Trabalhou em mais de 20 filmes exibidos em festivais de cinema ao redor do mundo. Dentre os seus principais trabalhos como diretor estão os curtas “Rapsódia para o Homem Negro”, “NADA” e os longas-metragens “No Coração do Mundo” (codirigido por Maurilio Martins) e “Marte Um”, que atualmente está circulando festivais mundo afora.

UMA HISTÓRIA COM MAIS DE DUAS DÉCADAS

Ao longo de mais de 20 anos, a Goiânia Mostra Curtas acompanhou a evolução do audiovisual, seja ela tecnológica, de linguagem ou formato. E nesse sentido, alcançou seu destaque no Brasil, sendo sempre lembrada e reconhecida pelos grandes profissionais do mercado, que estão presentes em cada ano, seja nas curadorias, nos júris, nas consultorias, palestras, oficinas ou várias outras atividades formativas.

Com produções de todas as regiões do país, o festival busca sempre a valorização da representatividade e da regionalidade como linguagem, colocando em evidência a diversidade social, política, étnica e cultural brasileira. Tudo isso consolidado em quatro pilares: a democratização do acesso ao audiovisual; a qualificação profissional; o estímulo à produção; e a formação de plateias para o cinema nacional.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas será realizada de 5 a 10 de julho de 2022, no formato online, incluindo a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, debates – homenagem e outras atrações.

Além do Laboratório de Roteiros Audiovisuais, em breve serão divulgadas outras atividades formativas da 21ª edição da GMC. Essas e todas as outras novidades da programação serão disponibilizadas no site goianiamostracurtas.com.br e através das redes sociais do festival.

A GMC

A Goiânia Mostra Curtas é um festival, idealizado pelo Icumam Cultural e Instituto, que acontece desde 2001. Esta 21ª edição, em 2022, é uma realização do Icumam Cultural e Instituto, Secretaria de Estado de Cultura de Goiás e Ministério do Turismo | Secretaria Especial da Cultura do Governo Federal, com apoio do Sebrae Goiás, InnSaei.tv e Paradiso Multiplica. Este projeto foi contemplado pelo Edital de Festivais e Eventos de Arte Aldir Blanc – concurso nº 19/2021 – SECULT-GOIÁS – Secretaria de Cultura – Governo Federal. 

21ª Goiânia Mostra Curtas – Inscrições para Laboratório de Roteiros Audiovisuais

Prazo: Até 28 de abril de 2022

Onde: online, pelo site www.goianiamostracurtas.com.br

Topo