Festival de Filmes de Ciência tem inscrições abertas até 17 de março

D0Dfe429 8D44 E8Bd 86Fb B1B69B745334
RESTORE: Films from the Frontiers of Hope

Considerado o maior festival de cinema científico do mundo, o Science Film Festival | Festival de Filmes de Ciência, chega à sua 20.ª edição em 2024 com o tema NET Zero e a Economia Circular, ressaltando o papel fundamental desempenhado pelos conceitos das emissões zero e pela economia circular no combate aos desafios impostos pelas crises climáticas.

As inscrições ficam abertas até 17 de março, e podem ser feitas em Goethe-Institut ou FilmFreeway.

Em uma colaboração com parceiros regionais, o evento promove a educação e literacia científica e facilita a conscientização sobre questões da ciência em geral, incluindo as tecnológicas e ambientais contemporâneas através de filmes internacionais e com atividades educacionais, sempre de forma gratuita. O Festival de Filmes de Ciência (SFF) apresenta questões científicas de forma acessível e divertida, para um público amplo e demonstra que a ciência pode fazer parte do cotidiano de todos. No Brasil, a 6.ª edição do SFF, uma parceria entre o Goethe-Institut e Midiativa, acontece online, presencialmente e gratuitamente em São Paulo. O Brasil é o único país da América Latina que realiza o evento.

Com a premissa de Conhecimento através do Entretenimento, o Science Film Festival 2024 se concentrará no tema das Emissões Zero e na Economia Circular, enfatizando a necessidade urgente de ações além da simples redução das emissões globais de gases de efeito estufa para abordar a proteção climática de forma eficaz. Resultados de pesquisas recentes ressaltam que o foco exclusivo na redução das emissões de CO2 é insuficiente para deter as mudanças climáticas.

Integral a essa necessidade, é o conceito de economia circular, que prioriza o compartilhamento, locação, reutilização, reparo e reciclagem de materiais e produtos existentes pelo maior tempo possível. Ao promover a reutilização e a reciclagem de produtos, a economia circular retarda efetivamente o esgotamento dos recursos naturais, reduz a destruição da paisagem e do habitat de outras espécies e ajuda a preservar a biodiversidade.

Em 2024, o Science Film Festival acontece concomitante em todo o mundo de 1.º de outubro a 20 de dezembro, com os filmes disponibilizados online, gratuitamente, acompanhados de guias didáticos. Cada país também oferece atividades paralelas à exibição dos filmes, para ampliar o alcance do festival e de seus temas. No Brasil, o Midiativa, realiza oficinas presenciais, e as Jornadas da Ciência, encontros e debates on-line com especialistas.

Em 2023, o SFF Internacional exibiu 150 filmes de 35 países na seleção oficial, alcançando mais de meio milhão de espectadores em 2023 em 21 países. O júri internacional, com cinco especialistas em mídia educacional, comunicação científica e enfoque temático anual, elegeu os filmes vencedores das seis categorias de prêmios. O grande vencedor, com o Prêmio do Júri, foi RESTORE: Films from the Frontiers of Hope, série de documentários curtas-metragens que destaca dez locais onde a natureza está ressurgindo de maneira notável. A série é uma iniciativa da Restauração Mundial da ONU para a Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas (tema do SFF em 2023), com filmes que sintetizam as fronteiras do otimismo do planeta.

No Brasil, a 5º edição do SFF aconteceu online e presencialmente em oito cidades. Em SP, no Circuito Spcine, nos CEUs, na Associação Apecatu e em escolas da rede pública, com exibição de filmes e realização de debates sobre o tema do ano (as Jornadas da Ciência) e oficinas. A abertura foi na na ESPM com a presença de documentaristas e ativistas. O festival contou com a participação de 2.600 crianças e um público total de cerca de quatro mil pessoas. Um dos filmes exibidos no Brasil, o argentino Quma y las Bestias, de Iván Stur e Javier Ignacio Luna Crook, recebeu o Prêmio IPST de Educação, concedido aos filmes que são excelente exemplo de jornalismo científico voltado para o público jovem com idades entre 6 e 12 anos.

Correalização Midiativa

Criado em abril de 2002, o Midiativa – Centro Brasileiro de Mídia para Crianças e Adolescentes, é formado por um grupo multiprofissional e multidisciplinar que atua nas áreas de comunicação, cultura e educação. O Midiativa é responsável pela criação do selo e Festival comKids, uma iniciativa de promoção e produção de conteúdos digitais, interativos e audiovisuais de qualidade para crianças e adolescentes.

Correalização Goethe-Institut

O Goethe-Institut é o instituto cultural de âmbito internacional da Alemanha. Seus programas culturais e educacionais promovem o diálogo intercultural e permitem a participação cultural. Fortalecem o desenvolvimento de estruturas da sociedade civil e promovem a mobilidade global.

Serviço

20.º Science Film Festival
Inscrições gratuitas até 17 de março em Goethe-Institut ou  FilmFreeway

Total
0
Shares
Prev
MinC retoma plantões tira-dúvidas sobre LPG e PNAB nesta quarta (21)
240219 Lpg E Pnab Destacao

MinC retoma plantões tira-dúvidas sobre LPG e PNAB nesta quarta (21)

Next
Festival Guarnicê de Cinema abre inscrições para a 47° edição
Bc R2626 1

Festival Guarnicê de Cinema abre inscrições para a 47° edição

También te puede interesar