Festival Internacional de Cinema Infantil exibirá 85 filmes em sessões online e presenciais no Rio de Janeiro

Publico Na Sala De Cinema Fici
foto por Paulo Fuga

Vem aí o festival de cinema mais aguardado pelas crianças. O FICI, Festival Internacional de Cinema Infantil, chega em sua 21a edição, trazendo 85 filmes brasileiros, entre curtas e longas-metragens, que serão exibidos online e em sessões presenciais no Rio de Janeiro. Os filmes online estarão disponíveis no site www.fici.com.br, entre os dias 5 de abril e 5 de maio, e concorrem ao Prêmio Brasil de Cinema Infantil. Já as sessões presenciais acontecem no Estação Net Gávea, dias 18, 19, 20 e 21, e no Estação NET Rio, em Botafogo, nos dias 25, 26, 27 e 28 de abril. Três estreias fazem parte da seleção: Teca e Tuti – Uma noite na Biblioteca, Placa Mãe e Era uma Era

A programação presencial contará também  com oficinas de contação de histórias e com o Fórum Pensar a Infância, que reunirá, no dia da abertura, no Estação Net Gávea, os principais nomes do ecossistema audiovisual brasileiro para discutir os temas mais atualizados sobre as infâncias contemporâneas. 

Idealizado pela atriz e diretora Carla Camurati, em parceria com a produtora audiovisual Carla Esmeralda, o FICI já levou o cinema para mais de dois milhões de crianças dos quatro cantos do Brasil em 20 anos de história. “Podemos considerar que fizemos um trabalho de política pública nessas duas décadas. Trouxemos filmes do mundo todo, de fora do mainstream. E esses filmes influenciaram muito as produções brasileiras atuais do audiovisual para crianças”, diz Carla Esmeralda. 

“O cinema estimula as pessoas a pensarem no universo infantil. Por isso eu não tenho a menor dúvida de que o melhor investimento em audiovisual é aquele voltado para a criança.  Este é um projeto que a gente planta sempre olhando para a frente”, afirma Carla Camurati.

FICI Online – Os filmes do FICI são voltados para crianças entre 4 e 12 anos de idade. Nesta edição, o Festival online exibirá 72 curtas e dois longas-metragens, divididos em Mostras Principais e Mostras Paralelas. Filmes de diversos formatos e de várias regiões do Brasil compõem a seleção. Entre os destaques, produções de alunos da Faculdade Méliès, em São Paulo, do Instituto Marlin Azul, em Vitória (ES), filmes feitos por estudantes do ensino médio, filmes educativos, de inclusão, entre outras temáticas.

Todos os filmes do FICI Online concorrem ao Prêmio de Melhor Filme segundo o júri popular. A votação será online. Já os filmes da Mostra Principal, que inclui as categorias Histórias Curtas, Mostra Teen e Histórias Animadas, concorrem ao Prêmio Brasil de Cinema Infantil e serão votados por um Júri Especializado. O melhor filme de cada categoria ganhará o Troféu FICI.  

FICI Presencial– Os filmes da mostra presencial são todos longas-metragens. As sessões de quintas e sextas-feiras serão gratuitas e exclusivas para os alunos das escolas, públicas e particulares, participantes. Após cada sessão, os professores receberão um caderno pedagógico para discutir em sala de aula o conteúdo de cada filme assistido. 

Já os ingressos para as sessões de sábados e domingos serão vendidos a partir do dia 08 de abril no site Sympla. Entre os destaques das Sessões Estreia, estão: Teca e Tuti – Uma noite na Biblioteca, de Diego Doimo, Eduardo Perdido e Tiago Mal, Placa Mãe, de Igor Bastos, e Era uma Era, de João Batista Schnorr e Verônica Gentilin. Teca e Tuti – Uma noite na Biblioteca tem como protagonista uma pequena traça que adora comer papel, mas quando aprende a ler,  percebe que os livros não devem ser comidos.  Placa Mãe mistura tecnologia e consciência política de forma lúdica, e Era uma Era, traz o teatro para o cinema em uma linguagem completamente inovadora. 

Os outros oito títulos que compõem as Sessões Se você ainda não Viu sãoA Ilha dos Ilús, de Paulo GC Miranda, Acampamento Intergaláctico, de Fabrício Bittar, Além da Lenda, de Marília Mafé e Marcos França, Alice dos Anjos, de Daniel Leite Almeida, Alice no Mundo da Internet, de Fabrício Bittar, Chef Jack: O Cozinheiro Aventureiro, de Guilherme Fiúza Zenha, Empirion: Uma Aventura com Einstein, de Michael Ruman, Uma Carta para Papai Noel, de Gustavo Spolidoro.

Fórum Pensar a Infância: Dia 18 de abril, a partir das às 14h30, no Estação Net Gávea, produtores de cinema e narrativas multiplataformas para as crianças se reúnem para discutir os temas mais atualizados sobre as infâncias contemporâneas. Entre os convidados, nomes como Joelma Gonzaga, Secretária Nacional do Audiovisual, Marcelo Calero, Secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, Luiza Lins, membro do Conselho Superior de Cinema, e Antônia Pellegrino, diretora de conteúdo e programação da EBC. O Fórum é aberto ao público e quem quiser participar, pode retirar gratuitamente o ingresso no site Sympla. 

O 21º Festival Internacional de Cinema Infantil – FICI –  é realizado pela Copacabana Filmes e Esmeralda Produções, conta com o apoio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria de Cultura da prefeitura do Rio, do Telecine e da PenseBem. Parceiros curatoriais: LerConecta e Conecta Acessibilidade.

Programação do FÓRUM PENSAR A INFÂNCIA, dia 18 de abril, às 14h30, no Estação Net Gávea

Painel 1: Políticas, Narrativas e Linguagens para o Cinema Infantil no Brasil

Como levar pequenos espectadores para os cinemas e assim gerar o público para o cinema brasileiro num futuro muito próximo?  Como o governo brasileiro trata esse público em suas políticas de Estado? Qual percentual do orçamento da união, do estado e do município, que é dedicado às obras audiovisuais para a infância e aos programas de formação de público, como mostras, festivais e mercados?

Antonia Pellegrino, Diretora de Conteúdo e Programação, EBC

Fabiano Gullane, Sócio-Fundador Gullane

Joelma Gonzaga – Secretaria do Audiovisual, Ministério da Cultura

Luiza Lins – Membro do Conselho Superior de Cinema e Diretora da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

Marcelo Calero, Secretário de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro

Sérgio Machado, Diretor, A Arca de Noé

Moderação: Carla Camurati, Cineasta e Diretora do FICI 

Painel 2: Acessibilidade: conhecemos esse público?

O Brasil tem desempenhado um papel de vanguarda no que diz respeito à acessibilidade audiovisual. Para além dos dispositivos oferecidos pelas salas de cinema, que disponibilizam gratuitamente os recursos legendas descritivas, audiodescrição e Libras para filmes nacionais e estrangeiros, novas iniciativas surgiram em 2023. Aplicativos inovadores entraram no mercado, também oferecendo de maneira gratuita, os recursos de acessibilidade para ampliar a experiência cinematográfica para espectadores que necessitam desses recursos.

A pergunta que se coloca é: os espectadores com deficiência estão realmente aproveitando essa evolução? Estão cientes dos recursos disponíveis e como utilizá-los durante sua ida ao cinema? Além disso, é crucial entender como o mercado audiovisual pode desempenhar um papel proativo para garantir que filmes acessíveis atinjam e impactem positivamente esse novo público.

Bruno Ramos, Ator, Tradutor e Professor de LIBRAS da UFF – RJ

Jeanie Liza Professora de Libras, UFRJ

Joana Peregrino, Sócia-fundadora e Diretora Executiva, Conecta Acessibilidade

Virgínia Menezes de Souza, Consultora em Audiodescrição e membro da Coordenação em Audiodescrição do Instituto Benjamin Constant

Moderação: Joana Peregrino, Sócia-fundadora e Diretora Executiva, Conecta Acessibilidade

Painel 3: Cinema e o imaginário infantil: quais histórias vamos contar?

Imersos em um mundo complexo e mutável, quais histórias precisamos jogar no mundo? Quais vozes precisam ser ouvidas? Quem são os novos protagonistas? Quais temas ainda não foram abordados e precisamos incluir as crianças na discussão? E o que não cabe mais e precisamos revolucionar? Ir ao cinema ainda faz sentido para essa geração? Especialistas em audiovisual para infâncias debatem essa questão, pensando em como construir novos repertórios e referências de narrativas da nova geração.

Alice Gomes, Roteirista e Diretora

Ana Pacheco, Roteirista e mestre em Antropologia

Maíra Oliveira, Roteirista, Diretora e Educadora

Moderação: Carolina Sanches, Jornalista, Pedagoga e sócia LerConecta

Painel 4: A infância contemporânea

Estamos atualizados com os desafios que as infâncias contemporâneas estão encarando? IA, excesso de telas, consumo desenfreado, distanciamento da natureza, solidão, ansiedade, depressão, adultização precoce: o que especialistas em infância têm a dizer e como esses inputs são importantes para o radar de quem produz para ela? Pediatra, Neuropediatra, Psicóloga e Socióloga, esse time vem falar sobre mitos e verdades sobre questões que atravessam a infância da atualidade. É um F5 na nossa percepção!

Ana Rosa Airão, Neuropediatra, PhD em Neurologia e professora, UNIRIO

Clarissa Brito, Psicopedagoga e Consultora de Educação Antirracista

Dani Mello, Pedagoga especialista em Arte e Infância pela Reggio Emílio na Itália e Gestora da escola Pedra da Gávea

Isabella Sá, Psicóloga, Diretora da escola Os Batutinhas e Diretora-fundadora das escolas Eleva Botafogo e Brasília

Moderação: Carla Jarlicht, Mestre em Educação e fundadora da Plano de Voo

Painel 5:  Geração Alpha: Que público é esse?

Geração Alpha é o nome dado às crianças que nasceram a partir de 2010. É ela que vai substituir a geração Z. O que essa garotada traz de novo, que pode impactar o que pensamos, consumimos, produzimos? Como elas aprendem? Quais são os desafios que encontramos como pais, educadores e produtores de conteúdo para infâncias? Vamos conversar sobre o potencial de transformação que essa geração tem e como podemos ensinar e aprender com elas. Estamos preparados para mudar a forma que nos relacionamos e nos comunicamos com as crianças?

Carolina Sanches, Jornalista, Pedagoga e sócia LerConecta

Serviço 

Festival Internacional de Cinema Infantil – FICI
Sessões online: 05 de abril a 05 de maio em www.fici.com.br
Sessões Presenciais:
18 e 19 de abril –  Sessões Escola, no Estação Net Gávea
20 e 21 de abril – Sessões abertas ao público, no Estação Net Gávea
25 e 26 de abril – Sessões Escola, no Estação Net Rio
27 e 28 de abril – Sessões abertas ao público, no Estação Net Rio

Consultar a programação e horários em www.fici.com.br
Ingressos para as sessões de cinema e para o Fórum Pensar a Infância em: www.sympla.com.br

Endereços: 

Estação Net Gávea – Shopping da Gávea: Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea
Estação Net Rio – Rua Voluntários da Pátria, 35, Botafogo 

Total
0
Shares
Prev
Cinemateca Brasileira e Museu Mazzaropi vão recuperar e digitalizar filmes de Amácio Mazzaropi
Sai Da Frente 05 Carvalho A. C. Mazzaropi Amacio

Cinemateca Brasileira e Museu Mazzaropi vão recuperar e digitalizar filmes de Amácio Mazzaropi

Next
Betânia entre a crueza e a imaginação
Betania Home

Betânia entre a crueza e a imaginação

Recomendado